fbpx


Aos gritos de “Shakira, Shakira”, os estudantes receberam com grandes demonstrações de carinho a cantora de Barranquilla e cantaram “Waka-Waka” no pátio da escola.
A cantora estava acompanhada do namorado, o jogador de futebol do Barcelona Gérard Piqué, que se misturou entre as crianças, muitos dos quais vestiam camisetas do Barça, e não hesitou em abraçar e saudar os pequenos, enquanto estava sentado entre eles na primeira fila para assistir à apresentação.
Shakira pronunciou um breve “shalom” (olá, em hebraico). Após o ato de boas-vindas, a cantora conversou na biblioteca do centro com crianças israelenses e palestinas e respondeu a todas as perguntas.
Um dos pequenos perguntou como ela havia decidido ser embaixadora do Unicef. Ela contou que quando criança seu pai foi à falência e então prometeu, que se algum dia tivesse dinheiro suficiente, ajudaria os mais necessitados.
Pouco antes de deixar a escola, uma menina palestina paraplégica e em cadeira de rodas entregou uma carta à cantora, que Shakira prometeu ler e responder.
Shakira deve participar nesta tarde na sessão inaugural de um fórum de conferências organizado pelo presidente do Estado de Israel, Shimon Peres, denominado “Enfrentando o amanhã 2011”. A iniciativa tem o objetivo de garantir proteção e educação na infância.
Após a inauguração, Shakira e Peres vão conceder uma coletiva conjunta à imprensa.
A fundação de Peres tem assinados acordos de colaboração com a Fundação do Barcelona e com a fundação de Shakira, “Pies Descalzos”, que buscam promover a educação e formação das crianças em valores como o esporte.
A cantora e o jogador de futebol estão na cidade desde segunda-feira, em Jerusalém. Eles visitaram a parte antiga e o Muro das Lamentações.
No santuário do judaísmo tiveram de receber proteção de seguranças diante do olhar atento de curiosos, moradores e turistas.

Quer ser informado quando as viagens a Israel reativarem ?

Ok ! Vamos te informar